Como olhamos o que olhamos?

Em que medida percebemos as pessoas, as coisas, o mundo, para além de um mero reflexo de nós mesmos? Buscamos de fato o estranhamento de um novo encontro ou procuramos o conforto do familiar? Agüentamos esse estranho ou necessitamos logo identificá-lo, rotulá-lo (e descartá-lo)?

A partir dessas indagações, Alice Shintani apresenta a mostra “Éter” na Galeria Virgílio. Concebida em dois ambientes que tomam por base a arquitetura local e institucional, a artista propõe uma experiência imersiva no andar térreo da galeria e uma sala com oito pinturas em resina acrílica sobre tela no piso superior.

Alice vem trabalhando a partir de uma idéia expandida de pintura para propor ambientes e situações no limiar do conforto e da beleza, mas que poderiam subitamente perder tal caráter “familiar” para alguma experiência ambígua de estranhamento, de não-entendimento ou de não-afirmação, “inclusive de seu próprio discurso”, como reitera a própria artista.

“Éter” é a segunda mostra individual de Alice Shintani na Galeria Virgílio. A artista vem obtendo reconhecimento no circuito nacional, como as recentes participações nas mostras “Nova Arte Nova”, no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro e São Paulo, e “Rumos Artes Visuais – Trilhas do Desejo”, no Instituto Itaú Cultural em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Também acaba de ser selecionada para o 63o Salão Paranaense, a ocorrer no Museu de Arte Contemporânea do Paraná em 2009-2010, e estará entre os dez artistas finalistas da Bolsa Iberê Camargo 2009 que receberão destaque na Revista Digital da fundação.

Alice Shintani | Éter
Galeria Virgilio
Abertura: 12 de agosto de 2009, 20h
De 13 de agosto a 5 de setembro de 2009
Segunda a sexta, das 10 às 19h
Sábados e feriados, das 10 às 17h


rua dr. virgilio de carvalho pinto 426 Pinheiros | 05415-020 | São Paulo SP | +55 (11) 3062-9446 / 2373-2999